Família Kumm

Aos poucos fotografamos o mundo

›› Expedições ›› Vamos Kumm Tudo

Partida: 27/02/2016

Let Kumm Everything will be a photographic expedition, which will seek the street games, children, the countries through which we pass. The expedition has not pre script defined and will be fully funded by our photography work. We sell our photos in public places where we go. The money of the pictures will be to fund our dispesas, mainly diesel. If you are interested in helping please contact us by email or by familiakumm@yahoo.com.br whatapp +554899820241.

Vamos Kumm Tudo será uma expedição fotografica, que buscaremos as brincadeiras de rua, das crianças, dos países por onde vamos passar. A expedição não tem roteiro pré definido e será totalmente financiada pelo nosso trabalho de fotografia. Venderemos nossas fotos nas praças públicas por onde passarmos. O dinheiro das fotos sera para custear nossas dispesas, principalmente o diesel. Se você tem interesse em ajudar entre em contato pelo e-mail familiakumm@yahoo.com.br ou pelo whatapp +554899820241.

Depois de São Lourenço

Data: 14/09/2015 09:00:00

Chegamos na casa do nosso filho, tarde da noite.  pois um carro bateu no nosso, na praça de pedagio. No outro dia cedo, saímos para fazer umas trilhas e conhecer algumas cidades da serra fluminense. Acabamos fazendo uma trilha pesada para conhecer as cachoeiras de sete quedas, da trilha do Peito do Bombo, em Sana e depois fomos para Lumiar. Uma cidade pequena, mas com muito charme. Tem muito barzinhos e restaurantes e as pessoas se reúnem na praça no final de tarde para se divertir. La comemos uma pizza com massa de aipim, eu gostei, era bem crocante. Ficamos na casa do Vicente por alguns dias até começar o festival de fotografia em Paraty.

Seguimos para Paraty para participar das palestras gratuitas do evento. Sempre tive o sonho de ir neste festival e consegui. Lá encontramos com o pessoal de Balneário Camboriú, o Marcelo, a Nina, o Celso, a Lilian, Prof Marcelo, o Foto na Kombi Fabiano e o Luiz do Núcleo de estudo de fotografia e arte – Nefa. Um pessoal divertido e animado. Fizemos umas saídas fotográficas pela cidade que rendeu lindas fotos. Esta troca de experiência foi muito bom, para meu crescimento fotográfico. Na última palestra que íamos assistir caiu um temporal. Como tínhamos deixado a barraca aberta. Saímos correndo para fechar. Estávamos acampados no CCB. Um camping no centro de Paraty Velho. E no final perdemos a palestra

De Paraty para Ubatuba, encontrar nossos amigos e descansar um pouco no camping. Lá estavam nossos amigos Sergios (3 Sergio), Ilka, Douglas e Mayeda. O lugar é muito especial, muitos pássaros, muita vegetação, piscina natural e espaço. Ficamos ali por duas noites rindo muito e fazendo amigos, e depois partir para Bauru, onde ganharíamos o para-choque com mesa de guincho da Marceral.

Chegando em Bauru fomos muito bem recebido pelo dono da fábrica, Rafael, que prontamente desceu o mundo para nós. Estávamos bem felizes com a parceria. De um lado nós ficaríamos ali para ele fazer o molde de para-choque para Defender e do outro ganharíamos um para choche. Ele tinha falado em muito mais coisas, mas com o passar dos dias foi se diluindo.

Rafael uma pessoa fantástica e entusiasta com tudo. Chegou a fazer uma reunião com bate papo entre seus amigos e nós. Tinha bélicos e bebida à vontade. No dia seguinte fomos conhecer um pouco de Bauru. Ele nos levou a todos os cantos e pacientemente nos esperou fazer cada foto. Fomos também experimentar o famoso sanduiche Bauru. Foi dentro da Maceral, que falamos pela primeira vez para impressa sobre o nosso projeto de cair na estrada novamente. Foi bem interessante e fizeram uma matéria muito legal para o Jornal da Cidade. T

No outro dia era dia de conhecer um lugar que não gosto de ir. Zoológico e por educação e amizade acabamos indo. Um dos amigos de Rafael trabalha no Zoo e fazia questão da nossa presença. Rafael levou os netos e a gente teve um dia de família. Depois disso não vimos mais o Rafael e nem sabemos o que houve. De tudo conversado no primeiro dia acabamos recebendo apenas o para-choque com a mesa de guincho. Mas esta ótimo e somos agradecido pelo presente. Vamos divulgar a marca sempre.

Saímos da fábrica triste por não ter visto o Rafael e na verdade não era hora de sair, pois já estava tarde e não viajamos a noite. Percebemos um clima tenso e achamos por bem sair. Viajamos entorno de 100 km e achamos um posto temático. Era tudo vintage, com muitas fotos antigas, bonecos representando o século passado e muito limpo. Pernoitamos ali, armamos nossa barraca e foi uma noite muito tranquila ao lado dos caminhoneiros.

Agora era hora de ver o toldo. Precisamos de um toldo para trabalhar. De todos que conhecemos o melhor é o da Sumatra 4x4. A Sumatra fica em Ponta Grossa. E lá fomos nós. Um pouco sem jeito, pois estávamos uniformizados de camping’s World. Tentamos negociar um usado, mas eles nos proporcionaram um negócio muito bom e levamos o maior 2,5 x 2,5 e novinho em folha. Fomos muito bem atendidos. Trocamos informações de viagem e levamos de brinde uma caixa de cerveja que eles fabricam. Depois eles levaram para o sitio e lá fizeram um churrasco regado a muita bebida e risadas. Foi uma noite e tanto. Adoro noites divertida como essa. Ganharam o adesivo da cerveja no nosso carro. Ali sozinhos passamos a noite, num lugar paradisíaco. Obrigada Martin e Cintia.

 

›› Diário da Expedição

<< Primeira | | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | | Última >>

Voltar
  • Facebook
  • Facebook
  • Twitter
  • Twitter
  • Twitter

 

 




familiakumm@yahoo.com.br (48) 9982-0241
SITE com ARTE
Restrito