Família Kumm

Aos poucos fotografamos o mundo

›› Expedições ›› Vamos Kumm Tudo

Partida: 27/02/2016

Let Kumm Everything will be a photographic expedition, which will seek the street games, children, the countries through which we pass. The expedition has not pre script defined and will be fully funded by our photography work. We sell our photos in public places where we go. The money of the pictures will be to fund our dispesas, mainly diesel. If you are interested in helping please contact us by email or by familiakumm@yahoo.com.br whatapp +554899820241.

Vamos Kumm Tudo será uma expedição fotografica, que buscaremos as brincadeiras de rua, das crianças, dos países por onde vamos passar. A expedição não tem roteiro pré definido e será totalmente financiada pelo nosso trabalho de fotografia. Venderemos nossas fotos nas praças públicas por onde passarmos. O dinheiro das fotos sera para custear nossas dispesas, principalmente o diesel. Se você tem interesse em ajudar entre em contato pelo e-mail familiakumm@yahoo.com.br ou pelo whatapp +554899820241.

o tempo passando

Data: 05/09/2015 08:00:00

A coisa ia ficando mais difícil a medida que o tempo ia passando, nada do dinheiro. O dólar que quando vendemos o apartamento estava na faixa de R$ 2,30, subia rapidamente. Nossos problemas se agravavam, a venda do apartamento não facilitou nem o condomínio, pois como não havíamos recebido o dinheiro, o imóvel continuava nosso.

Para complicar a tristeza estava forte, nossa cachorra de 13 anos, uma dog alemã, que chamava Aninha, havia falecido. Ela sempre foi muito apegada a minha pessoa. O nosso Rott que vivia com a ela, ficou triste, estava sozinho e começou a adoecer. Os problemas aumentando e a certeza que ia partir estava cada vez maior. Parei de trabalhar para uma fotografa, agora eu fazia por conta propria.

Comecei a pensar em um lugar para os cachorros, já que restavam dois amigos de quatro patas para eu buscar um paradeiro. Nossa gata já estava morando em Porto Alegre. Quem iria cuidar dos cachorros seria a nossa filha. Ela vendeu o carro e foi embora para Irlanda. Esta situação me questionava muito. Tenho um sonho grande, mais o preço é muito alto.

As dificuldades e o meu amor pelos bichos estava me afastando do meu sonho. Foi então que novamente a Ilka e o Douglas apareceram nos convidando para ir ao evento da Land Rover e ficar no estande com eles. Seria uma ótima oportunidade para buscar parceria. Além de ajudar nossos amigos a vender barraca.

E, novamente partimos sem dinheiro no bolso. Saímos de Floripa em direção a Ponta Grossa visitar um amigo. Na primeira noite não encontramos com ele, fomos dormir num camping muito legal. No centro dele passava um rio com várias cachoeirinhas. Ele era raso e dava para ficar relaxando dentro dele. Preparamos nossa janta e começamos a beber nosso vinho, quando um pessoal sem educação colocou música de péssima qualidade. Ficaram berrando e dançando de maneira vulgar até as 3h da manhã.

Nosso amigo veio nos buscar no outro dia para fazermos uns passeios com ele. Nós já havíamos descido até a cachoeira e feito muitas fotos. Neste dia fomos na cachoeira buraco do padre e em outros lugares muito legais. Foi divertido fazer as trilhas. Marcos nos levou para casa dele onde ficamos naquela noite.

Nosso tur continuava. Agora era vez de Ibiuna para ver meu primo José Paulo e sua família. Chegamos tarde da noite, mas tinha uma ótima janta esperando. Ficamos para o aniversário dele Estava muito divertido. Conhecemos pessoas e fizemos amizade.

No outro dia tínhamos um encontro importante para o nosso sonho, com o Dan e a Liene, um casal que havia se aventurado até o Alaska, numa Defender e que estavam no Brasil para resolver algumas coisas.  Assim aproveitamos para marcar um encontro com ele e pegar muitas informações.

Chegamos cedo no lugar do encontro. Era um bar que fazia coxinhas de galinha. No bate papo estavam nós, eles e mais dois casais que em breve sairiam para se aventurar pelo mundo. Um era o Plácido e a Mariana, do Livre Partida e o outro era do Caudalosa América o Arthur e a Sophia. Foram poucas horas mais muito marcante. São eles que vão estar em algum momento na estrada com a gente.

Fomos para Camping's World, instalar nosso bagageiro e buscar o material juntamente com mais uma barraca para levar para o encontro da Land Rouver. No encontro estávamos nós, a Denise e o Luciano, o Douglas e a Ilka. Foram três dias de trocar informação com o pessoal que pensa em viajar e ou que já foi percorrer as estradas das Américas. O evento estava maravilhoso, deu uma energia boa. Vendemos três barracas e conseguimos uma parceria de um para-choque com mesa para guincho.

Acabou o evento fomos para São Paulo deixar o material e seguimos para Campos de Jordão. Lá encontramos nossa amiga Rosa, que gentilmente nos deixou montarmos a nossa casa em no jardim. Saímos a noite para comer uma deliciosa pizza. Como é especial estar com amigos. Visitar nosso filho foi o próximo passo. No caminho pegamos uma estrada de romeiro e com descidas fortes. No meio da serra o freio parou de funcionar. Ele esquentou, Walfredo conseguiu parar o carro. Deixamos o freio esfriar, fazendo nosso almoço. fechamos tudo e seguimos viagem. Já no asfalto na praça de pedágio, um carro bateu em nossa land. E, ali até resolver tudo ficamos por 3h. A culpa foi do pedágio que não liberou a cancela e nós tivemos que parar A Lis estava junto. A nossa parceria está tendo um comportamento excelente fora de casa. Estou até pensando em levar ela junto na viagem. 

 

›› Diário da Expedição

<< Primeira | | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | | Última >>

Voltar
  • Facebook
  • Facebook
  • Twitter
  • Twitter
  • Twitter

 

 




familiakumm@yahoo.com.br (48) 9982-0241
SITE com ARTE
Restrito