Família Kumm

Aos poucos fotografamos o mundo

›› Expedições ›› Pantanal Silencioso

Partida: 10/01/2011 - Retorno: 31/01/2011

Há anos que tínhamos vontade de ir no Pantanal Brasileiro. Mas sempre apareciam outros roteiros e o Pantanal ficava para próxima. Mas este ano de 2011 depois de algumas zebras, precisávamos de um descanso. O nosso relacionamento também anda em xeque-mate. Estava na hora de sair e da um tempo para tudo. Então era vez do Pantanal. Lugar certo para quem quer repensar sua vida e seu relacionamento. Não tivemos tempo de buscar informações e nem de fazer um planejamento. Apenas pegamos o carro e saímos.

Nosso roteiro foi Florianópolis(SC), Urubici(SC), Salto de Yucumã-(RS) - Foz do Iguaçu (PR) - Costear o Paraguai até Bonito(MG) - Pantanal(MG) - Santa Cruz de La Serra  (BO) - Corrientes (AR) - Florianópolis (SC)

fLORIANÓPOLIS - LAGES

Data: 10/01/2011 17:00:00 - Kilometragem 303Km

estradas percorridas:

 BR 101 – Boa de conservação, não havia muito movimento até Palhoça.

BR 282 - Boa de conservação, pouco movimento nenhum pedágio até Bom Retiro.

SC 000  Má conservação, não havia muito tráfego até Urubici.

SC 439 sem pavimentação, não havia muito movimento. Venda de pinhão. Rio Rufino

SC  Sem pavimentação, com muitas pedras. Até Urupema

SC  Asfalto novo até Painel.

SC  Asfalto novo até Lages.

 

Novamente chegou a hora de partir, apesar da vontade imensa de estar na estrada, essa hora sempre provoca sentimentos que dão tristeza. Deixar pessoas amadas e nossos bichinhos, um inclusive doente não é fácil. Mas a viagem era necessária. O esgotamento mental e físico já estava grande, diminuindo coisas importantes como a paciência, a tolerância, a compreensão tão necessária para um relacionamento a dois, três, quatro, cinco ....

 

Pagar as contas, montar o carro, procurar não fazer barulho para que não acordassem, e evitasse choradeiras e outras coisas. O relógio corria e já eram 9h quando partimos em direção ao oeste de Santa Catarina. Nosso primeiro destino Salto Yucumã que é uma queda d’água que tem 1km600m de extensão. Localizada na divisa do Rio Grande do Sul com a Argentina.

 

Pantanal Silencioso este é o nome da nossa Expedição, os participantes são Luciene Bittencourt Kumm e Walfredo Kumm Filho. Tempo não definido, roteiro apenas olhado, nada traçado, pesquisa não desenvolvida. Essa será a primeira experiência sem um planejamento detalhado, sem expectativas, sem ter um conhecimento prévio.

 

Desviamos nosso caminho para passar na pedra furada em Urubici. Já havíamos feito várias tentativas e sempre a neblina era forte. Chegamos às 12h fomos logo procurar um restaurante para almoçar. Entramos no primeiro, mas não agradou, o segundo a batata frita boiava na gordura, decidimos comer no próximo que vier, com boa cara ou não, para não ficarmos sem almoço. Paramos no Zeca’s Bar, centro de Urubici. Não era aquela coisas mas muito melhor do que os dois primeiros e o preço estava bom para um começo de viagem.

 

Chegamos no alto do morro da igreja e pela primeira vez não havia neblina. Os cânions estavam visíveis e a pedra furada iluminada. Estava muito frio lá e a altitude é de 1800 mts, o vento soprava forte e nossa pele doía. Ficamos gelados, pois não tínhamos nos preparado para tanto frio.

Descemos de lá e fomos a Rio Rufino e a Urupema, cidade mais fria do Brasil. Gostamos desta temperatura, este ar de inverno é muito gostoso. Como nosso destino não é a serra catarinense, tivemos que partir em direção a Lages. Nosso dia já está acabando, que pena que esse tempo está passando rápido de mais. Ficamos em Lages na casa de uma sobrinha, a Keyla que soube nos receber muito bem.

 

›› Diário da Expedição

| << Anterior | 1 | 2 | 3 | | Última >>

Voltar
  • Facebook
  • Facebook
  • Twitter
  • Twitter
  • Twitter

 

 




familiakumm@yahoo.com.br (48) 9982-0241
SITE com ARTE
Restrito